Quem sou eu

Sobral, CEARÁ, Brazil
Formado em Biologia (Licenciatura) pela Universidade Estadual Vale do Acaraú - Sobral - CE.Especializando em Gestão Escolar pela UNOPAR. Professor de Ciências no Ensino Fundamental 2, no CSETI Maria Dorilene Arruda Aragão pelo Município de Sobral no Estado do Ceará.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

ALUNO PESQUISADOR - O açúcar está relacionado ao envelhecimento da pele? Chocolate causa espinha?

Essa pesquisa foi realizada pela aluna Débora Ferreira Gomes, matriculada na EEEP Dom Walfrido Teixeira Vieira em Sobral-CE, no 1° ano médio de Enfermagem.

Uma significativa parcela da humanidade gosta de saborear um belo doce. No entanto, o açucar branco contido nessas guloseimas nem sempre faz bem ao organismo. Ele está relacionado à inúmeras circunstâncias que nos afligem, principalmente as mulheres com o aumento de peso, celulite e até rugas. "A pele e a aparência externa refletem com precisão aquilo que nos acontece internamente", diz a Dermatologista Marcella Delcourt.
Hoje, depois dos radicais livres, do estresse oxidativo dos raios UV, o novo alvo contra o envelhecimento é a glicação.
A glicação ocorre quando uma molécula de açúcar em excesso, por aumento da ingestão ou por lentidão do metabolismo da glicose, se adere a uma molécula de proteína (colágeno, elastina, dentre outras) formando o AGEs, que são um complexo açúcar-proteína rígido que altera a estrutura dessa proteína, impedindo a eficácia no desempenho de seus papéis mais importântes e, na pele, leva ao aparecimento das rugas", explica a médica.


E o Chocolate? Causa espinhas?

O que se sabe é que a Acne, popularmente conhecida como cravo ou espinha, é uma doença inflamatória da pele.
O aumento da produção de sebo, causada pela elevação de hormônios sexuais, obstrui o canal de secreção da glândula sebácea. Essa obstrução acaba por formar o cravo, pontinho branco ou escurecido, que se manifesta principalmente no rosto, costas, peito e ombros. Algumas vezes, esses poros obstruídos infeccionam formando bolhas cheias de pus, conhecidas como espinhas.
O aumento de hormônios pode estar ligado a questões emocionais. Muitas vezes acaba se consumindo uma grande quantidade de chocolate para tentar amenizar o estado de ansiedade e tensão. O resultado é o aparecimento de cravos e espinhas, não pelo chocolate em si, mas pela alteração hormonal dessa condição de estresse.
Além do mais, pesquisas comprovam que o chocolate escuro é rico em flavonóides, que combatem o envelhecimento das células. Fique atento à cor do chocolate. Isso porque os flavonóides estão no cacau e quanto mais amargo o chocolate, maior a concentração dessa substância benéfica a nossa saúde.


Aluna pesquisadora: Débora Ferreira Gomes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário